quarta-feira, novembro 15, 2006

Pónei Pseudo-intelectual...

Eduardo Prado Coelho, nas suas crónicas diárias – O fio do horizonte – tem insultado Rui Rio e por consequência a própria C.M.P. O presidente da Câmara Municipal do Porto, já foi comparado a Estaline, apelidado de inculto, burro e rancoroso, e sabe-se lá mais o que. Ontem, escreveu: “esta gente não gosta de cultura e tem ódio a quem gosta. Nunca os vi num concerto, numa exposição, num espectáculo de dança ou de teatro”.
O Dr. Eduardo Prado Coelho, de facto, não está bem. Provavelmente ainda procura o seu lugar na esquerda ou quiçá, anda preocupado com a acusação de plágio.
Ainda por cima, além de imaginar complôs por dá cá aquela palha, procura ser o porta-voz dos Portuenses. Não me lembro de lhe ter sido entregue uma procuração, mas este senhor com uma cultura excepcional, provavelmente não necessitará.
O problema deste “intelectual de café” é o mesmo de todos os comunistas, ou seja, querem à força que o Estado pague a cultura – seja boa ou seja má – e não satisfeitos, ainda promovem uma cultura de subsídio-dependência. Mas também, de quem escreve crónicas a fazer analogias entre José Mourinho e a Irmã Lúcia, outra coisa não seria de esperar.

3 Comments:

Blogger André Barbosa said...

Ficou por dizer:
Embora também seja um adepto da cultura, não posso concordar que os meus impostos sejam utilizados em espectaculos de qualidade duvidosa. Veremos - e não deve faltar muito - se com a gestão privada, os resultados serão melhores. Não tenho a menor duvida, que haverá lucro, mais espectadores e mais qualidade.

15 novembro, 2006 20:24  
Blogger tiagofreitas said...

EU tenho as minhas sérias duvidas quanto a isso...sinceramente gosto das crónicas do dr Prado Coelho, que apesar de ser de esquerda acho que têm uma boa visão sobre vários temas ligados à cultura, e discordo de o chamaram ponei, e ainda mais de pseudo-intlectual, coisa que ele não o é...o que acontece é que a direita não se deixa evidenciar nestas áreas o que é bastante mau...em relação à privatização,pode ser que melhore mas tenho dúvidas,sejam feitas muitas Fundações de serralves, que essas sim são boas instituições privadas...a promoverem a cultura privatizada...

16 novembro, 2006 00:54  
Blogger André Barbosa said...

Tiago,

Não ponho em causa a formação de Eduardo Prado Coelho, até lhe reconheço créditos, como por exemplo na area das letras. Agora não deixa de ser verdade, que põe a esquerda num pedestral,e isso é visivel nas suas (dele) crónicas. Pónei, na medida em que usou e abusou do insulto gratuito, relativamente ao Dr. Rui Rio. Quanto à cultura, não posso estar mais de acordo contigo. É uma area - assim como o ambiente - em que a direita se deve evidenciar, e tirar a "bandeira" à esquerda.

16 novembro, 2006 01:22  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home