quinta-feira, março 22, 2007

Descobertos manuscritos de Eça de Queiroz


"Originais de "A Ilustre Casa de Ramires", "A Cidade e as Serras" e "Novos Factores da Política Portuguesa" tinham um paradeiro desconhecido. Foram encontrados na caixa-forte da sede do "Millennium BCP".
Foram descobertos na sede do "Millennium BCP" manuscritos redigidos pelo próprio Eça de Queiroz. Há 30 anos que se sabia que existiam, mas perdeu-se-lhes o rasto. Afinal encontravam-se bem guardados no coração da Baixa lisboeta, na casa-mãe daquela instituição bancária.São originais de três obras: "A Ilustre Casa de Ramires", "A Cidade e as Serras" e "Novos Factores da Política Portuguesa". Estes documentos tinham sido referidos na década de 70 pelo investigador galego Ernesto Guerra da Cal, na sua obra "Bibliografia Queirociana".Segundo este autor os originais pertenciam a Maria Angélica de Magalhães Vaz Pinto, que em 1973 os terá vendido ao Banco Pinto de Magalhães. Com as nacionalizações que se seguiram ao 25 de Abril de 1974, os documentos foram transferidos para a União de Bancos Portugueses e, em 1996, num quadro de privatizações, no Banco Mello, que em 2000 viria a ser incorporado no BCP.Agora a instituição vai disponibilizar os documentos através do seu portal na Internet e doá-los à Biblioteca Nacional, que, entretanto, confirmou a sua autenticidade."
Fonte: Expresso

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home