segunda-feira, abril 09, 2007

Porque???

Estou cansado de ouvir dirigentes nacionais do nosso partido a usar o termo "facção"!!!
Para estes senhores quem tem voz discordante é logo denominado como pertencente a uma facção.
Será que quando o Dr. Ribeiro e Castro abandonou o partido tambem pertencia a uma facção?
Quero também relembrar os leitores a personagem Martim Borges de Freitas e pergunto o que fez após ser presidente da JC? Alguém se lembra de actividade deste senhor dentro do partido até 2005? Onde está a secretaria-geral aberta? 1º em Leiria , 2ª no Algarve....... e o resto do país não conta?porque não fez no Porto, em Braga, em Viseu, em Santárem, em Aveiro?
Pergunto também porque não apresentaram listas para a COD e para a COC?
Onde esta o programa de revigoração do Alentejo, que levou a destituição dos coordenadores de Évora e Portalegre?
Porque abandonam reuniões quando prêvem derrotas?
Será a maioria dos militantes uma facção?
Eu não pertenço a nenhuma facção, sou militante do CDS/PP com muito orgulho!!!!

1 Comments:

Blogger André Barbosa said...

O Dr. Ribeiro e Castro e actual CPN esquecem-se que são os grandes criadores das denominadas facções (estas que a meu ver nem sequer existem. Quanto muito, o que realmente existe é divergência de opiniões). Lamento que a CPN do CDS/PP só visite quem concorde com a actual liderança. Lamento que o S.G neste momento não passe de um cargo meramente estatutário. Lamento a ausência de ideias. Lamento a falta de agenda política. Lamento muitas outras coisas, e por isso mesmo, dia 21 de Abril voto no Paulo Portas. Não me revejo nesta direcção e pelo que tenho visto (e tenho visto e ouvido muitas opiniões) milhares de militantes também não.

11 abril, 2007 01:41  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home