quinta-feira, agosto 16, 2007

CAMPEÕES!!!


5 Comments:

Blogger rufaferi said...

Campeões de quê? Apenas vencedores da Supertaça (e é óbvio que isso tem o seu mérito).

Mas nunca a um vencedor da Supertaça se chama campeão. Campeão há só um. E nem vale a pena dizer qual é, pois não?

02 setembro, 2007 23:42  
Blogger André Barbosa said...

De acordo com o dicionário da Porto Editora:

Campeão = "vencedor em prova desportiva ou campeonato"

Ora, se a Supertaça é uma prova desportiva, logo, quem a ganha é o campeão/vencedor. De qualquer forma, sendo campeão ou vencedor, o importante foi ter ganho.

02 setembro, 2007 23:57  
Anonymous viva o rufaferi said...

eu tb sou campeão...de berlindes

campeão de uma prova estúpida como essa devia ser escrito em minúsculas e nunca com mais que um ponto de exclamação..

a grandeza de uma pessoa/clube mede-se perante a forma como encara as suas vitórias e nunca se deixando levar por euforismos em conquistas medíocres...bem sei k para outro clube k nao o fcp klkr migalha mata a fome...mas não se eskeçam k a vossa fome é o nosso apetite quanto mt

03 setembro, 2007 22:53  
Blogger rufaferi said...

Eu penso que o recurso ao dicionário será um rigor exagerado, se tivermos em conta que a linguagem desportiva se encarrega não raras vezes de contornar as concepções mais formais da língua portuguesa. Está mais que convencionado no futebol português que o título de campeão cabe à equipa que venceu o Campeonato Nacional da 1ª Divisão (por motivos publicitários designado agora Liga Bwin). Os vencedores das restantes provas não são nunca designados campeões, não só para que não existam confusões e passemos a ter 4 campeões por ano (tendo já em conta a recentemente criada Taça da Liga ou Carlsberg Cup) mas também para distinguir o clube que venceu a prova mais difícil, por ser uma prova de regularidade, e que reconhecidamente merece a maior fatia de mérito.

Por outro lado, classificar a Supertaça como uma prova desportiva é ainda um pouco relativo, quanto a mim. Não passa de uma partida de futebol entre o vencedor do campeonato e o vencedor da Taça de Portugal. Trata-se, portanto, de um jogo isolado. Poderemos classificar como prova desportiva um jogo de futebol de preparação de pré-época? A Supertaça não é muito mais que isso.

Não irei, contudo, tão longe quanto o autor do 2º comentário... conquistar a Supertaça tem o seu mérito e é com orgulho que digo que o meu clube lidera a lista de vencedores desta prova. Não será correcto rebaixar a importância da prova a cada vitória de um adversário e depois exaltá-la a casa conquista do nosso clube.

03 setembro, 2007 23:22  
Blogger André Barbosa said...

Obviamente que ganhar a SuperTaça, não tem o mesmo significado - e prestigio - que o Campeonato (Liga Bwin). Nesse ponto, estamos em sintonia. No entanto, não deixa de ser uma vitória importante. Convém não esquecer que a Supertaça Candido de Oliveira marca o inicio da época.

Relativamente ao conceito de prova desportiva, não concordo com a comparação. A supertaça é uma competição organizada pela F.P.F e, como tal, é uma prova oficial. Esta competição atribui um titulo ao campeão/vencedor. Já um jogo de pré-época é unica e exclusivamente organizado por clubes, isto é, são estes que decidem se querem ou não entrar. O titulo ganho (isto, no caso de ser um torneio de pré-época) não é nada mais, do que um titulo simbólico.
Mais, a supertaça é equivalente à supertaça europeia (quanto a esta, poucos duvidam que é uma prova desportiva). A diferença reside na escala, ou seja, enquanto a primeira é uma prova doméstica, a segunda, é uma competição europeia.

04 setembro, 2007 00:15  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home