segunda-feira, outubro 29, 2007

Poeira debaixo do tapete

Há uns dias, estava a ler um artigo no jornal, onde diziam que, a partir de agora, um aluno não pode ser expulso de um estabelecimento de ensino, sendo apenas transferido, e se reunir as condições de transporte necessárias.
Logo, supondo que esse mesmo aluno estuda no Garcia de Orta, no Porto, é transferido para o Clara de Resende, onde provavelmente recebido como o rebelde/herói.
Mas, o que acontece numa zona rural? Nessas zonas, visto que as escolas são mais distanciadas, como consegue o aluno reunir as tais condições de transporte? E se não as reúne, mantém-se na mesma escola, tornando-se, assim, impune em relação aos seus actos?
Será que não seria mais pedagógico o aluno ter cumprir serviços dentro do recinto escolar - limpar quartos de banho, ajudar nas cantinas, etc?
Para mim, parece-me que, mais uma vez, o Governo do Sr. Sócrates decidiu mais uma vez, à boa maneira do PS, empurrar a poeira para debaixo do tapete, na esperança que ninguém note...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home