sábado, dezembro 15, 2007

Heranças

Caros amigos:
Abro aqui a discussão sobre o facto de haver legislação sobre as heranças.
Eu sou um leigo no assunto, mas penso que, se o património é meu, eu é que devo decidir o que e a quem devo deixar, sem haver qualquer intervenção do Estado.
Ou será que o Estado dever controlar de forma a não haver abusos?
Que vos pareçe?

3 Comments:

Blogger Goncalo Cevada said...

Apesar de não ser grande entendito em matéria de sucessões, contratos testamentários de caractér unilateral, etc, cumpre que diga algo. Vejamos a seguinte situação: A morre deixando determinados bens a B (seu irmão) e a C (seu amigo). B e C pagam o mesmo imposto de selo, o que é completamente ridículo visto que um é irmão e o outro (apenas) amigo. Não entendo o porquê de apenas numa ascendência ou descendência vertical haja uma redução do imposto de selo, e tal não acontecer horizontalmente em termos genealógicos.

16 dezembro, 2007 19:10  
Blogger tiagofreitas said...

medo!!!

17 dezembro, 2007 14:40  
Blogger Rodrigo Lobo d'Ávila said...

Tu queres é sacar a herança da tua tia rica...

19 dezembro, 2007 02:02  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home