quarta-feira, dezembro 12, 2007

Non, ou a Vã gloria de mandar


Para combater a barbárie que vai neste blog aqui vai um dos melhores filmes portugueses...


« é a glória de mandar. É a glória de mandar - essa de que paradoxalmente D. Sebastião se despede em Alcácer Quibir - é a glória que o narrador se propõe e cuja vanidade a cada momento Oliveira sublinha, destroçando a narrativa, através da singularissima "decoupage" de um dos seus filmes mais fragmentados. Só que o narrador é ele também uma personagem fragmentada e os seus três grandes fragmentos (como Viriato, como Ninguém e como Alferes Cabrita) viveram dessa glória e para essa glória até descobrirem, nas chamas, nos destroços e no sangue, como essa glória era igualmente vã».*

* João Bénard da Costa

"Terrível palavra é um Non. Não tem direito nem avesso. Por qualquer lado que o tomeis sempre soa e diz o mesmo. Lêde-o do princípio para o fim ou do fim para o princípio, sempre Non. Quando a vara de Moisés se converteu naquela serpente tão feroz que fugiu para que não o mordesse, logo perdeu a figura, a ferocidade e a peçonha. O Non não é assim. Por qualquer parte que o tomeis sempre é serpente, sempre morde, sempre fere, sempre leva o veneno consigo. Mata a esperança, que é o último remédio que a natureza deixou a todos os males. Não há correctivo que o modere, nem arte que o abrande, nem lisonja que o adoce. Por mais que o confeiteis um Non sempre amarga. Por mais que o doreis sempre é de ferro".

In Non, ou a vã gloria de mandar, dito pelo duque de Aveiro antes de suicidar a seguir á batalha de alcácer Quibir

GENIAL!!


PARABENS MANOEL DE OLIVEIRA!!!

Etiquetas: , , , ,

3 Comments:

Blogger tiagofreitas said...

"Para combater a barbárie que vai neste blog "...LINDO!!realmente os porcos não gostam de pérolas!!!está tudo dito!!!Parabéns MANOEL

12 dezembro, 2007 21:05  
Blogger André Barbosa said...

Pérolas? Queres dizer "pichebeques"...

12 dezembro, 2007 21:43  
Blogger Carlos Leite said...

Por acaso puseste o unico filme que eu gosto, mas acredita que não era difícil encher uma lista com filmes impossiveis de ver.
mas pegando nas palavras que um ex-burro disse. Há os "iluminados", que gostam do Manoel de Oliveira, todos os outros são burros. Eu tenho orgulho em ser burro

12 dezembro, 2007 21:57  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home