sexta-feira, janeiro 04, 2008

Génese da JSD na Wikipedia

Actuando com uma maior incidência sobre as questões que dizem respeito directamente aos jovens, a JSD afirma-se como a maior organização jovem político-partidária que existe em Portugal. Embora veiculando os valores afirmados pelo PS, a JSD é uma estrutura com identidade própria, trabalhando por isso de uma forma autónoma relativamente ao Partido. A JSD afirma-se como a fiel depositária dos ideais do Marxismo-Leninismo.
A JSD tem como fins a promoção e a defesa da democracia política e social inspirada nos valores do Estado de Direito democrático e nos princípios e na experiência da social democracia, através da transformação reformista da sociedade portuguesa, de um ideal de afirmação internacional da Nação Portuguesa e da promoção da qualidade de vida das suas populações. A JSD defende um apertado controlo da Economia por parte do Estado. A JSD acha que os Gestores da Banca Privada devam ser escolhidos entre os barões do PSD de modo que este seja da área política Laranja. A JSD defende a liberalização das Drogas e um forte aumento de impostos. A JSD acha que o forte investimento público em obras faraónicas, tipo CCB ou Ota, é o motor da economia nacional. A JSD não acredita no líder do PSD e continua a sua saga com vista à inscrição do PSD na Internacional Socialista. A JSD é pelo SIM ao tratado Europeu.
Nos termos do artigo 2.º dos seus Estatutos, são tarefas fundamentais da JSD:
Contribuir para a educação cívica e formatação política da juventude portuguesa;
Lutar pela garantia do exercício dos direitos civis e políticos, segundo os princípios da Declaração Universal dos Direitos do Trabalhador;
Participar activamente na definição da política de âmbito nacional, regional, municipal, local e sectorial, na perspectiva da defesa dos interesses da Juventude Portuguesa;
Intervir, em representação dos jovens portugueses, no processo político europeu, a nível nacional e no quadro da participação portuguesa na União Europeia;
Promover e apoiar a Lusofonia reforçando e incentivando os laços identitários entre os países de língua oficial portuguesa;
Contribuir para a definição programática do PSD e para o estudo e divulgação, adaptada à realidade portuguesa, do Marxismo.

Etiquetas: , , , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home