sexta-feira, março 23, 2007

As pessoas estão fartas...

As pessoas reclamam segurança. Estão fartas de tanta arruaceirice... Agora foi a vez do presidente da junta de massarelos (uma zona muito bonita mas, cheia de selvagens) fazer um pressing junto da policia. O pior é que estes não tem autoridade nenhuma. Vejam esta noticia que saiu n'O Primeiro de Janeiro

O presidente da Junta de Freguesia de Massarelos denunciou dois acontecimentos que considerou “graves” e que demonstram a violência nocturna que se tem registado naquela freguesia. José Carlos Gonçalves escreveu, em comunicado, que a população local está assustada devido à onda de ocorrências que se têm assinalado durante a noite. O autarca culpabiliza “os efeitos negativos” da animação nocturna. “Entre as 7h00 e as 8h00 de 18 de Março, na rua da Restauração, ocorreram desacatos que culminaram com o disparo de armas de fogo”, denunciou o autarca. Gonçalves admite que o seu executivo “tem vindo a alertar as entidades competentes para a problemática da animação nocturna na freguesia”, avisando também que os moradores são atingidos pelo “ruído, estacionamento selvagem, e cada vez mais, insegurança”. De acordo com José Carlos Gonçalves, a Polícia de Segurança Pública tomou nota da ocorrência, destacando “meios para o local, procedendo ao isolamento do lado direito descendente da Rua da Restauração”. O autarca de Massarelos adianta que tudo aconteceu “perante a presença de moradores que acordaram estremunhados com a ocorrência”, completando que “já se encontravam acordados pelo facto de a essa hora [7h00/8h00], e apesar, do horário de encerramento dos estabelecimentos ser às 4h00, ainda haver muitos clientes que abandonavam” os bares. Na mesma noite, e na sequência do acontecimento anterior, José Carlos Gonçalves regista ainda que um “veículo acidentou-se contra os pilares hidráulicos do Jardim da Alameda Basílio Teles”. “O que nos foi dado a conhecer pelos moradores, o condutor da viatura em apreço fugiu pela Rua de Casal do Pedro, abandonando a mesma, perante os agentes de autoridade que entretanto tinham chegado ao local”, no decorrer da operação anterior. Gonçalves sustenta que face “à preocupação crescente demonstrada pelos habitantes” e “pelo direito ao repouso e descanso, a Junta de Freguesia de Massarelos diligenciou junto das entidades competentes a resolução definitiva deste problema”.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home